12 de dezembro de 2016

Bailes de garagem, discos de vinil e pistas de dança: mais uma matéria na revista Raízes!


Mais um precioso número da revista Raízes (o 54) acaba de sair do forno e mais uma vez tive a honra de participar desta que eu considero uma das mais bem feitas publicações históricas vinculadas a uma prefeitura municipal - no caso São Caetano do Sul. Entre valiosas crônicas de moradores, sagas esportivas de pioneiros, relatos emocionados e perfis muito bem urdidos de verdadeiros heróis do cotidiano, pude contar um pouco mais da história da minha turma de juventude - a Turma do Ponto - desta vez sobre o prisma do "som", ou seja, desde as primeiras audições das rádios na virada dos 70 para os 80 até os primeiros discos de vinil e as primeiras "baladas" nas saudosas discotecas da época e bailinhos de garagem surreais. Foram 5 páginas reservadas para a minha crônica ( se fosse contar todos os detalhes e citar todos os nomes, precisaria de 10!) e diversas citações de amigos, colegas e ícones do período ( como Julinho Mazzei, da JP, direto de Nova York). Uma época rica, divertida e desbravadora pouco detalhada por aí ( os livros de História e bibliográficos ainda preferem os anos 60 e 70 pra trás). Feliz pra caramba aqui com mais essa crônica histórica publicada! Viva a velha turma!







Nenhum comentário:

Postar um comentário